Miro no papel e atiro em tinta minhas idéias

sábado, 8 de dezembro de 2007


Vai poesia

Ganhe força de brisa

Deslize em olhos

E siga

Corra e busque o risco

De ser interiorizada

Ou esquecida

4 comentários:

Rita disse...

Ah Du, você como sempre irradiando coisas boas através das suas palavras carregadas de sentimento!
Eee menino, que saudade!
Tá muito bom isso aqui, serei assídua...
Um beijo no olho!

;)

Poesia Sim disse...

Obrigado pela visita, Eduardo. Um grande abraço e parabéns pela sua poesia.

* hemisfério norte disse...

atrevi-me a linkar vc. espero q n tenha doído rsrsrs
bj
a

amelibela disse...

talento só seu...
transformar em sentimento...
as atitudes das palavras...